AGRINHO INICIA NOVA ETAPA: JULGAMENTO DOS CONCURSOS

O Programa AGRINHO  do Serviço Nacional de Aprendizagem  Rural – SENAR-CE, iniciou nesta segunda-feira,7,  uma nova etapa  que é  o julgamento dos trabalhos que estão concorrendo aos 5 concursos , cuja premiação ocorrerá dia 22 de novembro .  O Agrinho  trabalhou em 2019,  com  45 municípios  envolvendo , 600 escolas,  72.687 alunos ( sendo  35.661 do 2º ao 5o ano, e 37.026, do 6º ao 9º ano ) e 5.250 professores.   

A comissão julgadora  já recebeu cerca de 300 trabalhos que estão concorrendo na categoria  Experiência Pedagógica ,  30 na categoria Município Agrinho e as redações do 2o ao 5º ano e do 6º o 9º ano, que ainda estão sendo contabilizadas pois deram entrada na sede do SENAR  no último dia 5 de outubro .  O julgamento obedece a um regulamento e até o dia 7 de novembro, serão escolhidos os 10 melhores trabalhos nas já citadas categorias.

O tema do Agrinho 2019 foi Cooperativismo  e a comissão  de avaliação  segundo a coordenadora estadual do Programa é composta por cinco membros.  Fazem parte da comissão  : Irene de Almeida Victor,  avaliadora da categoria Município Agrinho- que premia os municípios) , Marília Castelo Branco , coordenação dos trabalhos na categoria Experiência Pedagógica, juntamente com as  avaliadoras  Regina  Célia Ferreira  de Oliveira, Suiany Silva de Moraes e Maria do Socorro Costa Rodrigues.  Já as redações  estão sendo  avaliadas por uma equipe da Secretaria do Meio Ambiente  do Estado do Ceará (SEMA) , sob a coordenação de Juarinda Barreira

O resultado das avaliações só será divulgado no momento da solenidade de premiação, o que sempre  acaba sendo uma grande surpresa para os municípios participantes. Os prêmios vão desde motos,  bicicleta, televisores, sistemas de som.     

Sobre o Agrinho

 O Agrinho é um programa de responsabilidade social do SENAR, que visa levar aos estudantes das escolas públicas da  zona rural informações,  que digam respeito ao trabalho no campo. Este ano , o tema foi Cooperativismo, mas em anos anteriores já foram debatidos   de forma transversal dentro das escolas temas como Meio Ambiente, Saúde, Como viver Bem no Semiárido e Cidadania.