Assistência Técnica e Gerencial do SENAR em plena atividade no Ceará

O Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-SENAR-AR/CE está em plena atividade, no momento atuando em 32 municípios, atendendo a 20 produtores / município em uma cadeia produtiva específica, totalizando 640 produtores no Ceará. Mas, este número será ainda ampliado para mais quatro municípios, onde as turmas estão sendo formadas .
A informação é do Superintendente do SENAR- AR/CE, Sérgio Oliveira da Silva que esteve pessoalmente em vários municípios, verificando in locu, a formação dos grupos na implantação do programa. Foi um trabalho e um esforço gigantesco que fizemos para atingirmos essa meta fixada no inicio do ano, em conjunto com os presidentes de Sindicatos Rurais, disse o Superintendente. Treinamos os técnicos de campo e estamos operando com o apoio dos Sindicatos Rurais.
Além do acompanhamento técnico mensal realizado pelos técnicos contratados, e pelas supervisoras do SENAR ligadas à Diretoria Técnica , os produtores terão a oferta de cursos de Formação Profissional e Promoção Social , dias de campo e missões técnicas.

Municípios já atendidos
Amontada (Fruticultura), Aurora (Apicultura), Canindé (Avicultura), Cascavel (Fruticultura), Caucaia (Avicultura), Cedro (Caprinovinocultura), Coreaú (Avicultura), Crato (Bovinocultura), Granja (Caprinovinocultura), Ibaretama (Bovinocultura), Iguatu (Apicultura), Independência (Caprinovinocultura), Itapipoca (Caprinovinocultura), Jaguaretama (Bovinocultura), Jaguaribe (Bovinocultura), Lavras da Mangabeira (Caprinovinocultura), Limoeiro do Norte (Avicultura), Marco (Fruticultura), Mauriti (Apicultura), Mombaça (Apicultura), Monsenhor Tabosa (Bovinocultura), Morada Nova (Bovinocultura), Morrinhos (Fruticultura), Nova Russas (Apicultura), Piquet Carneiro (Bovinocultura), Quixadá (Bovinocultura), Quixeramobim (Bovinocultura), Milhã (Bovinocultura), Tamboril (Caprinovinocultura), Trairi (Fruticultura) e Ubajara (Fruticultura)

Sobre a ATEG
O programa ATEg do SENAR é considerado um dos maiores do mundo por utilizar a meritocracia com estratégia. Seu objetivo é estabelecer e implantar um modelo de gestão e operação baseado no mérito aos produtores, que englobe todos os processos da cadeia produtiva da propriedade, possibilitando a realização de ações efetivas, nas áreas econômica, social e ambiental, e os processos de gestão do negócio, visando proporcionar a sua evolução socioeconômica, da família e da comunidade.