COVID-19 E AS MEDIDAS DE PROTEÇÃO AOS PRODUTORES

O retorno  das tradicionais feiras livres, retorno do transporte Intermunicipal visando ao escoamento da produção e a  extensão para a o setor agropecuário  do crédito concedido ao  comércio e a indústria pelo governo federal, foram algumas das propostas que apresentamos ao governador  Camilo Santana , no último dia 28 de março, durante uma videoconferência em que participamos com a sua presença e  de vários  Secretários estaduais  juntamente com  outros  representantes do setor produtivo ,  FIEC,  FECOMÉRCIO,CDL, FETRANS e, ainda, do BNB, OAB, Porto do Pecém, além dos empresários Deusimar Queiroz, do Grupo Pague Menos , Severino Ramalho, do Mercadinho São Luis e do Deputado federal Domingos Neto.

Na ocasião deixamos claro  a importância do nosso setor na produção de alimentos, geraçāo de empregos e  renda,  representado  por  400 mil proprietários rurais , bem como, a necessidade de serem tomadas  algumas medidas imediatas, haja vista , ser  a  agricultura e a pecuária  considerados atividades ” essenciais”, portanto  diferenciadas , que trabalham em sua grande maioria, com produtos perecíveis . Mostramos que a ausência das feiras livres no interior do Estado , causam sérios prejuízos aos produtores , e perda da produção , sendo necessária também a liberação  dos transportes Intermunicipais, que facilitam a comercialização de muitas mercadorias.

Propomos ainda , ao Ministério da Agricultura,  estender  para o setor agropecuário a ajuda emergencial de R$ 600,00 ( seiscentos ) concedido pelo governo federal aos trabalhadores informais, medida que considero como altamente necessária. No setor agropecuário, a maioria dos trabalhadores rurais vivem em regime de economia familiar , nāo tendo  vínculo empregatício e  também  sāo os responsáveis por colocar os alimentos na mesa de milhares de brasileiros.

Neste espaço queremos destacar, as linhas de crédito e renegociação de dívidas propostas pelo governo, que estão sendo ofertadas pelos agentes financeiros, especialmente pelo Banco do Nordeste, que  chegam no momento oportuno, com prazos e juros diferenciados.

Ressaltamos ainda, a defesa intransigente da Confederaçāo da Agricultura e Pecuária do Brasil- CNA, que trabalhou  incansavelmente junto ao governo, via MAPA ,  e conseguiu entre  outros beneficios,  a prorrogaçāo da  DAP- Declaraçāo  de Aptidāo ao PRONAF, garantindo também o movimento do transporte de cargas e auxilio na comercializaçāo.

Devido a essa pandemia de coravirus19- todo o Sistema CNA/ SENAR , Federações e Sindicatos tiveram que  acompanhar o distânciamento social, suspender os cursos de capacitação do SENAR , mas em breve, temos esperança de que tudo vai ser normalizado.

Nestes tempos de coronavirus, reservatório cheio é uma  boa noticia, estamos com recarga em todos os nossos reservatórios , inclusive o  Açude Castanhāo,  nosso maior reservatório  que segundo a COGHER  a até o dia  31 de março, já tinha acumulando 658 milhões de metros cúbicos de ågua (9,83%),  renovando nossas esperanças de que novos dias virāo.