PRESIDENTE DA FAEC CONVOCA SINDICATOS RURAIS A PARTICIPAREM DA CAMPANHA “COMPRE DO CEARÁ”

O Presidente do Sistema FAEC/SENAR/SINRURAL, Flavio Viriato de Saboya Neto, encaminhou Carta-Circular  aos  Presidentes de 40  Sindicatos Rurais filiados à Federaçāo da Agricultura e Pecuária  do Estado do Ceará , comunicando o lançamento  da Campanha ” Compre do Ceará”, e solicitando a divulgação e o engajamento de todos na referida Campanha, que nasceu  de uma  parceria do Sistema S , através das Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC e a FECOMÉRCIO, contando também com a participação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Ceará – SEBRAE-CE e da Federação dos Transportes – FETRANS.
O foco principal é incentivar a valorização dos nossos produtos e serviços, incentivando os consumidores a priorizarem o consumo de bens e serviços oriundos do Ceará. A campanha começa com a apresentação de vídeos institucionais voltados para o destaque do potencial da cadeia produtiva cearense, onde os setores indústria, agronegócio, transporte e comércio estão plenamente interligados.
O agronegócio cearense é de suma importância para o Estado tanto pela sua relevância social quanto econômica. Os números na geração de empregos e exportações são expressivos, bem como na produção de diversas atividades. Fruticultura, floricultura, leite, pescados, mel e carnaúba estão entre os principais subsetores, fazendo com que o Ceará represente cerca de 20% das exportações totais do Estado nos últimos anos, destacando-se a castanha de caju,  cera de carnauba, frutas, lagostas e couros e peles e que foram o 3º, 4º 5º, 6º 7º produtos mais exportados do Ceará em 2019. Além desses se sobressaem ainda a água de coco, peixes, sucos de frutas e hortaliças.
No período da pandemia, as Federações acima citadas permanecem trabalhando em constante diálogo com o Governo do Estado.Para que a produção não parasse, o Sistema FAEC/SENAR continuou a oferecer Assistência Técnica e Gerencial aos produtores rurais, incluindo orientações sobre como se proteger da Covid-19, distribuição de kits com máscara, álcool gel e garrafa para água. A FAEC também atuou em prol da extensão do benefício emergencial do governo aos trabalhadores rurais que trabalham em regime de economia familiar.
Por meio do Programa Agrinho, uma ação educativa e de responsabilidade social do SENAR em mais de 2 mil escolas da zona rural do Ceará, foram desenvolvidas várias ações de orientação sobre o coronavírus. Os alunos e professores gravaram vídeos, realizaram contação de histórias, fizeram programa de rádio e se engajaram em campanhas de doação e distribuição de alimentos, máscaras e sabão nas comunidades rurais.
A FAEC sugeriu e encabeçou um movimento, juntamente com as demais federações do Nordeste, enviado à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), propondo o encaminhamento de uma nova resolução no sentido de renegociar as dívidas rurais e a abertura de novos empréstimos para os produtores rurais do Nordeste. Também realizou lives e bate-papos virtuais com os produtores, discutindo as melhores alternativas para a agropecuária. Divulgou ainda as plataformas sociais criadas pela CNA, inclusive um whatsapp especial, para solicitar apoio na comercialização dos produtos e tratar outras dificuldades.
Face o exposto, contamos com o apoio desse Sindicato no sentido de divulgar essa importante iniciativa, onde qualquer produtor que tenha produtos em escala para comercialização poderá participar da Campanha mediante entendimentos prévios, ficando, contudo, esta Federação à disposição para a necessária viabilização.
Atenciosamente,
FLÁVIO VIRIATO DE SABOYA NETO
Presidente