PSL entra com ADIN contra pulverização aérea no Ceará

O Partido Socialista Liberal-PSL do Ceará, através do seu presidente estadual, deputado Heitor Freire, deu entrada em uma ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade, contra a lei estadual (16.820/2019) que proíbe a pulverização aérea no estado do Ceará, através do escritório TF – Advogados.

Nesta quinta-feira, 5, o advogado Diego Trindade, do referido escritório e assessor do deputado, esteve na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará, comunicando o fato ao presidente Flávio Saboya, que solicitou um “Amicus Curiae”, manifestando seu apoio na questão jurídica, que envolve produção, geração de emprego e renda.

A pulverização aérea tem prejudicado especialmente as plantações de banana, uma cultura de difícil acesso a pulverização manual, e segundo os produtores Edson Brook e João Teixeira, um dos maiores produtores de banana na Chapada do Apodi, condenam a sanção da lei pelo governo. Os técnicos afirmam que é impossível pulverizar plantações de banana sem o uso da aviação, que no Brasil dispõe de uma frota de mais de 1.200 aeronaves, as quais usam modernas tecnologias em áreas agrícolas de grandes extensões.

Participaram da reunião, os vice-presidentes da FAEC, Rodrigo Diógenes e Carlos Bezerra e o presidente de Moraújo, Elder Aguiar. Na ocasião, foi tratado também sobre o Projeto Doutores do Sertão, que vem sendo conduzido pelo Sinrural de Moraújo, com vistas a utilização de estudantes dos Institutos Federais de Educação, envolvendo-os em ações nas suas propriedades para o desenvolvimento agropecuário, percorrendo também a sucessão no campo.