SEMINÁRIO TECNOLÓGICO ABORDA AGRONEGÓCIO NO CARIRI

Terá início nesta quinta-feira, 24, às 08:30 horas, na sede do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Crato, um dos maiores seminários tecnológicos do Cariri, o AGRIPEC  Cariri, fruto de um esforço conjunto do Sistema FAEC/SENAR / Sindicatos Rurais , do SEBRAE/CE e do IFCE, envolvendo 60 eventos, sendo 38 palestras técnicas em nove segmentos, duas mesas redondas, dois workshop , duas visitas técnicas, um dia de campo e 11 oficinas. 

A abertura oficial, será às 17:00 horas, com uma palestra magna pelo secretário de Desenvolvimento Agrário do Ceará De Assis Diniz, seguindo-se uma apresentação do assessor especial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Coordenador do AGRONORDESTE, Danilo Forte, sobre o programa lançado recentemente pelo Governo Federal, com a finalidade de desenvolver o agronegócio no Nordeste. 

“Será o maior Seminário tecnológico da Região do Cariri, disse o Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará.”

Flávio Saboya informa que o Sistema FAEC/ SENAR/ SEBRAE – CE e IFCE esperam contribuir com o acesso ao conhecimento, fortalecer a competitividade dos setores da agricultura e pecuária e contribuir para o desenvolvimento sustentável do debate de temas de interesse dos produtores industriais dando um objetivo ao Seminário, que envolve a agricultura, a pecuária, a agroindústria , a cotonicultura, a fruticultura, olericultura e mandiocultura. 

“Nós já realizamos a 23 anos um grande Seminário técnico-científico , que é o Pecnordeste, agora pretendemos levar nossa experiência para a Região do Cariri”, disse Saboya. 

Toda a programação técnica foi construída em conjunto com o IFCE , que está utilizando seus professores e pesquisadores, inclusive dos estados do Pernambuco, Rio Grande do Norte, e da IFCE da Paraíba, bem como, a participação de alguns convidados especiais como pesquisadores da EMBRAPA, da UFC, UECE, UVA, de diversas secretarias estaduais que acumulam vasta experiência em diversos segmentos, participação de empresas privadas, cooperativas. O Cariri é considerada uma das regiões mais prósperas do Ceará, que congrega as principais atividades do agronegócio, formada por 28 municípios e tem como área de influência a região sul do Ceará e a região da divisa entre o Ceará e os estados de Pernambuco, Paraíba e Piauí. O AgriPec Cariri conta com o apoio do Banco do Nordeste, Governo do Estado, através da SEDET/SDA e CENTEC-.Instituto Centro de Ensino Tecnológico . 

PROGRAMAÇÃO TÉCNICA 

A programação técnico-científica tem início também no dia 24, às 8h30min. A meta é capacitar 1.200 pessoas entre estudantes, produtores e técnicos através de uma programação técnico-científica e realizar em torno de 60 atividades entre palestras, mesas redondas e oficinas, englobando o debate de temas em torno de nove (9 ) segmentos da cadeia produtiva do agronegócio : bovinocultura avicultura, apicultura,ovinocaprinocultura, fruticultura, mandiocultura, olericultura , agroindústria e cotonicultura .Os três setores mais procurados são bovinocultura, seguido da fruticultura e da apicultura , disse o coordenador do evento junto a FAEC, engo agrônomo Rodrigo Diógenes, outro tema que tem chamado a atenção é da retomada da cultura do algodão na Região, onde cerca de 800 hectares já estão sendo trabalhados de forma mecanizada. 

O coordenador do programa de revitalização da cotonicultura no Ceará , Euvaldo Bringel, participa de uma mesa redonda sobre o Ouro Branco e sua revitalização no semiárido nordestino, com a participação de profissionais da ADAGRI, da UFCA e da empresa Semila Sementes. Na programação haverá um dia de campo na Embrapa Algodão, em Barbalha, dia 24, de 13 às 17 horas, uma visita técnica à Fazenda Barreira, no município de Missão Velha, sobre bananicultura Irrigada e uma Feira de Produtos da Mandioca, esta última, na Unidade Demonstrativa do IFCE, local onde serão ministradas dez (10 ) oficinas voltadas para os produtores e um wokshop sobre cortes nobres e processamento de carne bovina, também no dia 25, na Unidade Demonstrativa. 

O evento mobilizou ainda, através dos Sindicatos Rurais a participação de várias caravanas de produtores rurais, oriundas das Regiōes do Cariri e do Centro Sul, disse o Presidente do SINRURAL de Crato, Bartô Fernandes, que está à frente da organização dessas caravanas juntamente com a Chefe do Departamento Sindical da FAEC, Nilza Luna. O Diretor Geral do IFCE, professor Joaquim Rufino Neto disse que o Agri & Pec Cariri despertou positivamente toda a comunidade acadêmica e a expectativa é excelente, com a participação de 1200 pessoas. Segundo ele, a participação dos alunos do IFCE, com a maioria dos trabalhos científicos no Seminário Nordestino de Pecuária- Pecnordeste realizado em junho de 2019 em Fortaleza, despertou a atenção para a importância de disseminar novas iniciativas na Região do Cariri. 

No AGRIPEC do Cariri, estão envolvidos professores do Instituto e alunos do curso técnico em agropecuária e até de outras áreas. o Diretor do o IFCE informou que a Unidade do Crato conta hoje com 361 estudantes do ensino técnico na área de agropecuária e 206 em graduação. Oferta também o Curso de Zootecnia e dois (2) de especialização na área de produção animal no semiárido e manejo sustentável da irrigação para o desenvolvimento dos sistemas agrícolas. Contabilizando todos os cursos ofertados , incluindo os da área de tecnologia são cerca de mil alunos, disse o Diretor do IFCE. Já o diretor técnico do SEBRAE/CE , Alci Porto Gurgel não tem dúvida de que a partir desse evento, muitas iniciativas importantes serão disseminadas na Região do Cariri, onde o Sebrae tem uma forte atuação junto a vários segmentos.